:Licença Creative Commons

terça-feira, janeiro 10, 2012

Apelo à solidariedade

A Sónia Rosa Ferreira da Figueira do Outeiro- Leiria (irmã de uma colega de trabalho) é uma Jovem de 33 anos, com Doença Raríssima a nível Mundial (Síndrome de Susac) diagnosticada durante a gravidez. A doença não tem cura mas no Brasil podem ser feitos tratamentos que podem melhorar em muito a qualidade de vida desta jovem que neste momento vive dependente de terceiros e com internamentos todos os meses. O objectivo é conseguir angariar fundos para que a Sónia possa ir ao Brasil fazer estes tratamentos... ajudem no que puderem e como puderem. Segue em baixo a lista de algumas formas possiveis de ajudar... não hesite...ajude!

Agradece-se desde já a todos os que colaborarem por esta causa.
NIB - Número de Identificação Bancária 0010 0000 47489980001 02
IBAN - Número Internacional de Conta Bancária
PT50 0010 0000 4748 9980 0010 2

SWIFT/BICBBPIPTPL.
- Baile de Solidariedade na Tasca, em Santa Eufémia, Leiria, dia 14 de Janeiro, às 21h00, com Duo Renascer e Dinis Brites. Uma organização da Comissão dos festeiros da Festa da Páscoa 2012, Ferreiros e Vale Garcia.

- Bazar de Roupa, com roupa para homem, senhora e criança, a preços simbólicos. Todas as quintas-feiras, das 14h00 às 19h30, na Rua Principal, Bregieira, junto à Casa de Fátima e Delfim, Santa Eufémia.

Dia 22 de Janeiro realiza-se uma peça de teatro em Santa Eufémia, pelo TASE.

Dia 29 de Janeiro, almoço no Salão Paroquial da Caranguejeira.

Dia 26 de Fevereiro, almoço no Salão da Igreja de Santa Eufémia. Contactos para qualquer esclarecimento: 914 544 519 ou 012 132 339

domingo, janeiro 08, 2012

Passei o dia...





Passei o dia…

Passei o dia a gritar por dentro,
a espernear dentro de mim mesma,
a reprimir as lágrimas de frustração…

Passei o dia a mandar tudo para o espaço
sem que ninguém me pudesse ouvir,
sem que ninguém sequer se desse conta…
Passei o dia a lutar contra esta raiva absurda,
esta vontade de partir louça e berrar
a plenos pulmões “Estou aqui! Ouçam-me!”.
Passei o dia a pensar em mais uma noite mal dormida,
em mais um amanhecer despojado de vontade,
em mais um dia igual a todos os que já passaram…
Passei o dia a pensar que amanhã… quem sabe?
Talvez amanhã o céu amanheça mais azul
ou simplesmente eu me sinta confiante e feliz…
Talvez amanhã eu acredite que amanhã será diferente…

(Participação na Antologia In Versos editada pelas Edições Ecopy em Dezembro de 2011)