:Licença Creative Commons

terça-feira, janeiro 22, 2013

Caminho por aí...

Caminho por aí sem rumo nem direcção,
caminho por aí sem saber por onde vou,
caminho ao som latejante de um coração
que a tua cruel indiferença quase matou.

Caminho por aí no meio da vasta multidão,
caminho por aí sem memória ou lembrança,
caminho por aí para enganar esta solidão
que não me dá tréguas e nunca se cansa.

Caminho por aí ao sabor do vento corrente,
caminho por aí no silêncio deste vazio,
caminho por aí sozinha no meio da gente
que me arrasta, me atropela e me agonia.

Caminho por aí como um errante vagabundo,
caminho por aí em busca do que se perdeu,
caminho por aí e calcorreio meio mundo
em busca desse outro ser chamado EU!

Sem comentários:

Enviar um comentário