:Licença Creative Commons

quinta-feira, julho 25, 2013

Pergunto-me

Imagem retirada da Internet - Google
Pergunto-me o que se esconde dentro da profundidade do teu olhar…
Pergunto-me que palavras se gritam no silêncio dos teus pensamentos…
Pergunto-me em que coisas acreditas e que causas defendes
Na perfeita elocução das tuas sempre fundamentadas afirmações…
Pergunto-me a ternura que paira no suave calor de um abraço teu…
Pergunto-me a que sabe a imaginada doçura terna do teu beijo…
Pergunto-me o que te faz ter medo e que coisas é que tu receias
Na perfeita imagem de equilíbrio e compostura que transmites…
Pergunto-me o que vêem os teus olhos quando olham em redor…
Pergunto-me que sentimentos te consomem o bater do coração…
Pergunto-me se tu existes ou se na verdade não passas de uma ilusão
Criada para me povoar os pensamentos e tornar mais leve a solidão…

segunda-feira, julho 22, 2013

Distância





A distância de dois pontos separados pela imensidão da vida

Torna-se assim numa longa e austera estrada para percorrer,

Torna-se numa luta quase desesperada para que sobreviva

A imensa força de um desejo presente repleta de bem-querer.

 

A distância física que separa os corpos aproxima as almas

E torna-se num simples factor de luta e de perseverança,

Torna-se num desejo de navegar em águas mais calmas

Ancorado numa imensa e poderosa noção de confiança.

 

A distância fria e cruel que separa dois corações enamorados

Torna-se na coberta que aquece as noites frias de saudade,

Torna o querer e o amor em poderosos amigos e aliados

Que dão novo alento às palavras liberdade e eternidade.