:Licença Creative Commons

terça-feira, novembro 11, 2014

Irritam-me!

Irritam-me aquelas pessoas que não têm nunca tempo para olhar para os outros e ajudá-los se precisarem, mas que têm tempo de sobra para falar na vida alheia, especular, difamar e levantar suspeitas sobre a conduta dos outros.
Irritam-me as beatas falsas que passam a vida a ir à missa e a rezar ladainhas mas que são incapazes de ajudar alguém… embora “cortar na casaca” dos outros e difamar as pessoas aparentemente faça parte das obrigações das ditas.
Irritam-me as pessoas que são incapazes de tomar uma posição mas que são as primeiras a criticar quem as toma.
Irritam-me as pessoas que se dão ao luxo de falar do que não sabem, de especular sobre o que não conhecem e de criticar o que não vêem.
Irritam-me as pessoas que se julgam superiores, que se acham acima de qualquer suspeita e que acham que isso lhes dá o direito de criticar a vida dos outros, de julgar os seus comportamentos e de comprometer as suas vidas com falsidades mesquinhas e idiotas.
Irritam-me as pessoas que antes de abrir a boca para julgar o que quer que seja não param para olhar para si mesmas, para as suas vidas e meditarem na pequenez da sua existência.
 Irritam-me as pessoas que à falta de melhor para fazer se acham no direito de enxovalhar os outros, de levantar suspeitas sobre as suas atitudes e de criticar as suas acções.
Irritam-me as pessoas incapazes de olhar para si próprias, de analisar a sua vida, as suas atitudes e as suas condutas antes de abrirem a boca para falar mal de quem quer que seja.
Irritam-me as pessoas que são incapazes de mexer uma palha para ajudar alguém mas que se acham no direito de criticar quem o faz.

Basicamente irritam-me as pessoas que me irritam!

quinta-feira, outubro 23, 2014

O teu olhar

O teu olhar tem um brilho encantador
e o teu sorriso tira-me os pés do chão,
não sei se o que sinto é fantasia ou amor
só sei que enches de luz o meu coração.

O teu olhar tem a imensidão do mundo
que um dia eu sonho poder conhecer,
não sei se o teu mar é assim tão profundo
mas sei que é nele que me quero perder.

O teu olhar enche-me a alma de luz
e a minha vida ganha uma nova cor,
esse teu olhar que me prende e seduz
enche o meu coração de louco amor.

terça-feira, outubro 07, 2014

No silêncio do comboio



Em meu redor um quieto silêncio
quebrado apenas pelo som dos carris
que levam o comboio ao seu destino...
Em meu redor pessoas que desconheço
mas que por momentos são companheiros 
nesta viagem que nos leva à aventura...
Em meu redor o tudo e o perfeito nada,
uma mão cheia de sonhos e fantasias,
uma esperança no que traz o novo dia...
Em meu redor um quieto silêncio
perturbado apenas pelo som dos carris
que levam o sonho ao seu destino.

sábado, setembro 27, 2014

Short Story

Abriu a caixa do correio como todos os dias... desta vez havia um envelope sem remetente...abriu...e leu o passado

sexta-feira, junho 20, 2014

SOL

Ao SOL

Sol que me iluminas as entranhas do ser
E que enches de esperança cada amanhecer,
Sol que renovas a essência vital do coração
E que enches a minha vida de energia e emoção.
Sol que me fazes voar nas asas de um sonho alado
E ser feliz num mundo ideal por mim imaginado,
Sol que me envolves como a ternura de um abraço
E que libertas a alma de todo e qualquer embaraço.
Sol que me despertas cada dia para uma nova vida
E que me enches a alma de uma ternura doce e querida,
Sol que me fazes sorrir e simplesmente acreditar
Que amanhã haverá um novo e perfeito recomeçar.
Sol que guias os meus passos através da escuridão
Desta vida que por vezes nos quer roubar a razão,
Sol que iluminas o meu ser e me enches de certeza
Transformando a pequenez na minha maior grandeza!

segunda-feira, junho 16, 2014

Já percebi que supostamente houve jogo da selecção... o que não percebo é como é que um país pára para ver uma equipa que mostrou tão pouco, que se desculpa com a arbitragem para justificar o mau resultado, que se dá ao luxo de ter um jogador que joga no seu país natal e que mostrou tão pouco desportivismo, que tem um treinador que acha que tem sempre razão e que selecciona os jogadores sabe-se lá como, o que não percebo é os noticiários perderem mais de 20 minutos a falar do jogo...que afinal não existiu... ou jogaram e eu não vi?
Critiquem o que quiserem mas a verdade é que aquela equipa não merece o apoio que tem, não fez nada para o merecer e ter pelo menos quatro canais a desperdiçar 20 minutos a falar da fraca exibição de uma equipa que não existe nem pode existir enquanto se sobrepuser a ideia de que a nossa selecção é o Ronaldo + 10...
Quem sabe talvez os ventos mudem... afinal estamos mais do que habituados a sofrer até ao fim...

sexta-feira, junho 13, 2014

Dia de Santo António




Quadra de Fernando Pessoa

Santo António de Lisboa
era um grande pregador
mas é por ser Santo António
que as moças lhe têm amor!



quarta-feira, abril 23, 2014

Dia Mundial do livro

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, já que, segundo os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Cervantes e Shakespeare.
A ideia da comemoração teve origem na Catalunha: a 23 de Abril, dia de São Jorge, uma rosa é oferecida a quem comprar um livro. Mais recentemente, a troca de uma rosa por um livro tornou-se uma tradição em vários países do mundo.

Neste dia especial, dois momentos especiais (para mim, claro... e espero que para mais alguém ;) )
   
                                                                                                                                                                     



quinta-feira, abril 10, 2014

Update

Como vos disse, ontem recebi os primeiros exemplares da minha nova aventura literária.

Quem quiser e tiver interesse em adquirir o livro pode fazê-lo através do seguinte link:

http://www.bubok.pt/livros/7920/Ser-de-sombra-e-Luz

Aqui existem três opções:
1) Adquirir o livro em papel, sendo este enviado directamente ao comprador por um custo (que inclui IVA e portes de envio mas não inclui seguro) 10,57€

2) Adquirir o livro em papel, sendo este enviado directamente ao comprador por um custo (que inclui IVA, portes de envio e seguro) 12,57€

3) Adquirir o livro em versão digital em formato PDF por um custo (que inclui IVA) de 2,42€

Existe uma outra opção, para quem quiser o livro personalizado com dedicatória, que consiste em enviar-me por e-mail o pedido do mesmo e eu posteriormente envio por correio (sem custos de envio) por um valor de 8,90€.


quarta-feira, abril 09, 2014

Novidades

Chegaram hoje os primeiros exemplares da minha mais recente aventura pelo mundo das letras... agora é aguardar os comentários e perceber se os meus objectivos foram alcançados... para já vou desfrutar do prazer de olhar para a concretização de um sonho...

Mais pormenores seguirão entretanto ;)


sexta-feira, março 21, 2014

Poesia

Neste Dia Mundial da Poesia... para todos aqueles para quem as palavras são parte de si...


Palavras que a caneta diz mas que a alma cala e esconde,
Ondulações de pensamentos e correntes de sensações,
Emergir de questões a que a mão diligente responde
Sem se preocupar com as consequências ou a razões,
Inicio de um caminho percorrido pelo ser que se liberta,

Assim és tu poesia, janela do meu ser, livre e aberta!

quinta-feira, março 20, 2014

Primavera





Parece que chegas hoje para a tua estada habitual
Recheada de flores, de sol e de andorinhas pelo ar,

Indiferente ao inverno que este ano foi tão brutal

Mas esperançosa no mundo que vais encher e animar…
As flores esperam por ti para desabrochar em flor,

Verdadeiras explosões de luz, de sol e de cor
E tu chegas… rainha aguardada, depois do estio invernal,
Renovada na tua graça etérea e simplicidade estival,

Aguardo-te primavera na tua morna brisa maternal…

 

quarta-feira, março 19, 2014

Pai para sempre!

Neste dia especial, aqui fica para todos os pais...

Pode passar o tempo desta vida e de outra também,
Andar todo o mundo num frenético e alucinado vaivém,
Indagar o espírito as misteriosas razões que a vida tem…

Pode ruir o mundo e desabar o espaço em meu redor,
Andar ao rumo das marés do mar e do vento ao seu sabor,
Recuar um passo para avançar dois sem medo e sem temor,
Acordar para a realidade num súbito e inesperado tremor…

Seja a vida boa ou má, cheia de sorte ou do mais malfadado azar,
Eu sei que tu estás sempre lá para na caminhada me amparar,
Mais que tudo és a mais desinteressada e pura forma de amar…
Pai! Podemos nem sempre estar de acordo e ter as nossas discussões,
Relembrando que o tempo passou e que com ele aos poucos eu cresci

E no entanto nada muda, nada fere, nada mata este imenso amor por ti!

domingo, março 16, 2014

Está no forno a minha mais recente aventura do mundo das palavras e das letras... em breve poderei apresentar-vos o "bolinho" já cozinhado :)

Deixo-vos um aperitivo... para instigar a curiosidade: "Uma porta entreaberta que revela o que vai no mais íntimo de mim (...)

sexta-feira, fevereiro 28, 2014

Novidades fresquinhas... muito em breve!