:Licença Creative Commons

segunda-feira, janeiro 12, 2015

Não me perguntes quem sou...




Não me perguntes quem sou
porque não te sei responder,
sou folha que o vento levou
sou página ainda por escrever.
Sou o tudo e sou o nada,
sou o passado e o futuro,
sou a noite e a madrugada,
sou a luz e sou o escuro,
sou a incerteza e a indecisão,
sou a lágrima e o sorriso,
sou a loucura e sou o siso,
sou a água que livre corre,
sou a pedra rolada do rio,
sou a esperança que não morre,
sou a fantasia de um desvario...
Não me perguntes quem sou
porque não te sei responder,
sou apenas aquilo que sou
e sou o que serei até morrer!


Sem comentários:

Enviar um comentário