:Licença Creative Commons

domingo, novembro 08, 2015


Dás-me uma paz que não consigo explicar,
renovas-me uma força que nem sabia ter,
tornas-me uma amante dedicada a ti oh mar
que abres os braços de espuma para me receber.
Aqui não há passado, nem sombra do presente,
aqui não há futuro, nem dúvidas, nem questões,
aqui só existe a tua presença forte e eloquente
que silencia os medos e aplaca as indecisões.
Aqui não ouço mais do que a tua voz
que se impõe face à fragilidade do meu ser,
aqui os novelos desfazem os frágeis nós
que deixam a vida solta para acontecer....

Sem comentários:

Enviar um comentário