:Licença Creative Commons

segunda-feira, março 21, 2016

És o meu poema inacabado,
O meu verso ainda por rimar,
És o meu perdido e o meu achado,
És a onda na acalmia do meu mar,
És as palavras que tenho por dizer,
És os abraços que tenho para dar,
És os carinhos que tenho por fazer,
És os sonhos que tenho para sonhar…
És o meu poema inacabado,
A minha rima ainda por construir,
És o gesto que quero ter ao meu lado,
És a ponte que eu não quero destruir,
És a luz que quero para me guiar,
És a estrela no meio da escuridão,
És o desejo que quero viver e sonhar,
És o querer na palma da minha mão…
És o meu poema inacabado,
A minha epopeia ainda por escrever,
És o sonho que sonho mesmo acordado,
És o desejo que dá cor ao meu viver,
És o verso que quero tornar em refrão,
És a rima que quero fazer em melodia,
És a chama que me incendeia o coração,

És essa força maior, chamada Poesia!

Sem comentários:

Enviar um comentário