:Licença Creative Commons

quarta-feira, maio 18, 2016

Revolta-me!

Um certo senhor, presidente de um certo sindicato, do alto da sua importância afirmou que certa classe pode manter uma certa greve por mais tempo do que aquele que a economia aguenta! E o certo senhor, disse esta pérola da democracia, do desenvolvimento, da produtividade e do progresso há mais de 3 dias e ninguém comentou! Alguém afirma com todas as letras que os trabalhadores em greve estão a ser pagos para fazer greve, que têm noção dos danos que isso causa à economia e...nada...silêncio absoluto! 
Mas compreende-se é muito mais importante quem ganhou o campeonato, o que diz o treinador a, b ou c, quem vestiu o quê onde, quem levou o decote maior aos Globos de Ouro...coisas que realmente interessam para aumentar a produtividade e fazer o país avançar!

E enquanto andamos nisto, enquanto impera o silêncio em redor do assunto e enquanto o sindicato "força" alguns a compactuar com esta greve, enquanto ninguém se decide a negociar, enquanto ninguém põe mão nisto, enquanto meio país assobia para o lado, andam uns quantos desesperados porque querem trabalhar e têm matéria-prima sequestrada nos contentores no terminal da Liscont! Andam uns quantos a parar máquinas, a parar produções, a parar pessoas, a perder encomendas, a deixar de vender, a não ter produto nas prateleiras, a perder clientes!
Andam uns quantos a tentar fazer-se ouvir...sem que ninguém os queira escutar!

E ainda há certos senhores, de certa classe, membros de certo sindicato, que têm a distinta lata de dizer que têm salários em atraso, que há quem esteja a passar necessidades e mandar quem questiona as suas palavras ir trabalhar para a Coreia do Norte onde pode ser explorado e viver sem direito! E têm a distinta lata de estar a receber estando em greve! E vêm as esposas dos ditos senhores da dita classe, em carta aberta, apresentar as suas lástimas porque os maridos trabalham 80horas e nunca receberam mais de 8€ à hora! A esses senhores tenho uma coisa a dizer: até ia para a Coreia do Norte trabalhar de graça... mas não posso porque os senhores não estão a fazer o vosso trabalho e ia acabar fechada num contentor no vosso terminal por tempo indeterminado!

Não tenho nada contra quem luta pelos seus direitos...tenho tudo contra quem para lutar pelos seus direitos passa por cima dos direitos dos outros, os ofende, os destrata e ainda se dá ao luxo de nada dizer quando confrontados com números e factos!

Tenho tudo contra quem extrema posições, contra quem recusa negociar, contra quem sob falsos pretextos prejudica quem quer e precisa trabalhar, tenho contra quem se recusa a ouvir e tenho sobretudo contra quem luta sob falsos argumentos!

E já que não posso fazer mais nada...e já que ninguém nos ouve... e já que ninguém parece querer saber...resta-me o desabafo...que ainda posso fazer a menos que um certo senhor, de um certo sindicato também decida que não posso falar!

Sem comentários:

Enviar um comentário