:Licença Creative Commons

quarta-feira, agosto 24, 2016

Motivação... simples assim...



Aprendi que a motivação é uma espécie de combustível essencial para a condução da nossa vida. Descobri que ela pode vir de uma fonte externa ou que pode simplesmente vir do nosso interior, mas independente da fonte a verdade é que ela se transforma no combustível que nos permite conduzir a nossa vida…

Aprendi que a motivação interna é bem melhor, muito mais poderosa e muito mais eficaz…talvez porque é mais genuína e mais duradoura.

Aprendi que o poder da motivação é uma fonte inesgotável e a força que ela nos transmite, até nas piores fases, é verdadeiramente impressionante.

Aprendi que para encontrarmos a nossa motivação temos por vezes de sair da nossa zona de conforto, temos, por vezes, de superar as nossas próprias barreiras, temos de vencer os obstáculos que fomos erguendo…temos de nos combater a nós mesmos…

Aprendi que a motivação nos faz sentir mais leves, mais seguros, mais determinados…mais fortes…mais capazes de enfrentar a vida, o mundo e sobretudo mais capazes de lidar com os outros e connosco mesmos.

Aprendi que a motivação pode mudar a nossa vida, pode contagiar os que nos rodeiam e nos querem bem… mas também pode inflamar a inveja dos que na verdade não querem tanto bem assim…

Aprendi que a motivação nos faz ver o mundo com outros olhos, faz-nos olhar para dentro de nós, faz-nos avançar, faz-nos encarar a vida de outra forma, faz-nos encarar o dia-a-dia com um sorriso mais aberto e uma serenidade maior, faz-nos acreditar…sobretudo isso…faz-nos acreditar!

Aprendi que a motivação, quando gerida de forma correcta, nos transforma, nos revitaliza, nos faz querer ser mais e melhor, nos faz irradiar uma luz que ilumina os que desejam que ela se mantenha mas que incomoda os que se ofuscam com o brilho dos outros…aprendi que a motivação nos faz crescer, nos faz melhorar, nos faz crescer, nos faz avançar…

Aprendi que a motivação é uma arma poderosa…aprendi que a motivação tem o poder de nos transformar na melhor versão de nós mesmos… aprendi que a motivação nos faz descobrir força, coragem e capacidades que desconhecíamos…

Aprendi que a motivação pode, quando usada de forma certa, transformar-nos por dentro, fazer de nós pessoas melhores, capazes de tornar o mundo em seu redor mais belo, mais positivo, mais alegre, mais leve e mais agradável apenas com a simplicidade de um sorriso genuíno…

segunda-feira, agosto 22, 2016

sábado, agosto 20, 2016

Os olímpicos...pelos meus olhos...

Levantam-se mil vozes contra os atletas portugueses que participaram nos Jogos Olímpicos.
Ouvem-me mil protestos contra a falta de medalhas... questiona-se, muitas vezes, de forma indelicada, rude e sem escrúpulos a competência, a entrega e a vontade desses mesmos atletas.
Escrevem-se comentários, crónicas e afins e emitem-se opiniões muito pouco dignas e muito pouco humanas.
Revoltam-se as massas e lá vem a célebre máxima " ainda bem que no futebol..."...
Pois perdoem-me a opinião...mas a mim revoltam-me é esses comentários.
Para começar um atleta que chegue a uns Jogos Olímpicos é só por si à partida um vencedor!
Chegou onde a maior parte de nós jamais irá chegar, abdicou de coisas que muitos de nós nem sequer considerariam abdicar, dedicou-se de uma forma que a maioria de nós seria incapaz, superou-se para além do superável, sofreu, chorou e dedicou-se de corpo e alma... e a maioria deles fá-lo sem as menores condições, sem apoios, sem patrocínios, sem exposição mediática, sem  contratos milionários...
Estes atletas representam o país... o nosso país...quantos de nós podem dizer que já o fizeram? 
Estes atletas competem ao mais alto nível, competem com atletas de alto nível, superam-se, levam o nome deste nosso país além fronteiras...e deviam encher de orgulho aqueles que de facto se orgulham do seu país. 
Estes atletas deviam ser estimulados, apoiados, ter condições mínimas para treinar com qualidade, ter condições para viver e treinar e lutar com dignidade e não ser achincalhados por pessoas que provavelmente nunca fizeram nada na vida que os orgulhasse a si mesmos quanto mais aos outros!
Estes atletas merecem respeito...merecem apoio...merecem orgulho...merecem que se olhe para eles, para o seu percurso, para o seu esforço, para as suas dificuldades...merecem que o mundo saiba que existam e que dão o seu melhor...merecem ser admirados, honrados e merecem sobretudo ser tratados com dignidade e respeito!
Não são as medalhas que medem a qualidade, o esforço e a dedicação...
Talvez se neste país todas as modalidades tivessem uma décima parte dos números milionários que movimentam o futebol...talvez se as reformas vitalícias milionárias atribuídas a pessoas que nunca fizeram nada se não enterrar o país e encher os próprios bolsos fossem convertidas em apoios a atletas que de facto fazem alguma coisa e sabem o que é o significado da palavra sacrifício...talvez se o dinheiro gasto em viagens ao estrangeiro para pagar favores fosse transformado em bolsas para pagar as deslocações destes atletas... talvez se exigíssemos aos nossos políticos, gestores de topo e afins a dedicação, a coragem, a honestidade, a abnegação, o sacrifício e os resultados que exigimos aos nossos atletas...talvez tivéssemos um país melhor, mais transparente, mais justo, mais honesto e que efectivamente nos orgulhássemos!
Por mim...sinto orgulho em todos aqueles atletas! Sinto orgulho nas suas vitórias, nas suas derrotas, nos seus percursos, nos seus esforços... sinto orgulho que apesar de tudo, que apesar de arrasados pela imprensa e comentadores de bancada ainda sintam orgulho nas cores que representam!
São vencedores em competições onde infelizmente não se ganham medalhas: honestidade, integridade, sacrifício, determinação e coragem!

quinta-feira, agosto 18, 2016

Mais importante....

Mais importante do que valorizar aquilo que já se conseguiu...é ter a humildade de reconhecer que ainda há muito caminho para andar.

Mais importante do que exaltar os feitos já alcançados é ter a consciência de que perto do que ainda falta esses feitos são quase insignificantes.

Mais importante do que te envaideceres com os elogios ao que já alcançaste é teres a modéstia de reconhecer de que fizeste um bom trabalho mas que ainda te falta muito para fazer.

Mais importante do que te concentrares no ruído à tua volta é seres capaz de olhar para dentro de ti, descobrires-te a ti próprio, alcançares uma paz de espírito que te permita estar de bem contigo, com a vida e com os outros.

quinta-feira, agosto 11, 2016





A cidade anoiteceu envolta num denso manto de fumo e abraçada por um intenso cheiro a queimado...a cor laranja fogo do sol que se esconde lembra-nos que de norte a sul há um país a arder...
Este anoitecer, quase fantasmagórico, faz-nos lembrar que há pessoas que vão anoitecer sem casa, bombeiros que vão anoitecer no calor de uma noite que vai pegar no dia e estender-se sem destino...
Na televisão anuncia-se a criação de um grupo de trabalho para avaliar a floresta... acho uma certa graça (trabalho...como se essa gente soubesse o que isso é)...depois de qualquer tragédia criam-se grupos de trabalho...o problema é que de ano para ano nada muda...continuam a arder áreas imensas, continua a haver pessoas cuja vida é reduzida a um punhado de cinza, continua a haver bombeiros sem meios nem condições a arriscar a vida pelos outros, continua a haver meios que não são utilizados, continua a haver o jogo do empurra quando se trata de averiguar responsabilidades e tomar decisões...mas pior mesmo é que continuam a existir "cidadãos com perturbações psicológicas" que tornam o país num inferno e continuam por aí a passear alegremente e a acender fogos atrás de fogos, imunes e impunes...
Outra noticia dá conta que Timor ofereceu ajuda financeira...talvez seja melhor amarrar as notas com um fiozinho para se saber o seu destino... não vão parar aos bolsos de alguém em lugar de colmatar as falhas e deficiências dos meios de combate a incêndios...
E assim cai a noite...e assim passou mais um dia... e assim se viu e ouviu mais do mesmo...
E assim cai a noite...e assim os corações dormem apertados, solidários com a dor de quem sofre...e assim se pensa em pequenos gestos que possam ajudar quem vive a ajudar...
E assim o inferno aguarda o raiar de mais um dia...traiçoeiro, duro, quente e devastador.
..

quarta-feira, agosto 10, 2016

Mais do mesmo




E lá vamos nós... mais do mesmo...ano após ano após ano.
No Verão toda a gente se lembra que existem Bombeiros...
...no resto do ano quem devia importar-se está mais preocupado com as mil e uma maneiras de sacar dinheiro ao povo para manter um estado que parece ter-se tornado um buraco sem fim...
... em atirar farpas a este e aquele, em acender polémicas e confusões...
...em dizer eu fiz e apontar o dedo a quem não fez...quando na verdade todos fizeram m...
... em passear-se por aí de motorista em carros de luxo pagos pelos contribuintes...
...em cirandar de evento em evento, de festa em festa, a sacar lugares de topo em empresas multinacionais onde ganham rios de dinheiro para fazer o que sempre fizeram: nada!...
...em dizer categoricamente que para o ano será diferente...
...mas não é... nunca é... todos os anos...anos após ano após ano ardem áreas imensas de mata, de floresta, de património, todos os ardem casas, viaturas...e pior que tudo, todos os anos se perdem vidas...!
E perante a situação desesperante que o país atravessa há uma série de iluminados que ainda têm o desplante de afirmar que está tudo controlado...este ano até nem está a ser assim tão mau! Sério? Queria ver se tocasse à porta desses inteligentes, se de um dia para o outro se vissem a braços com o desespero de perder a casa para as chamas, de ver o trabalho de uma vida a desaparecer literalmente em cinzas...se tivessem de defender a vida e os outros...Gostava de os ver fardados...ao lado do povo que tanto dizem defender e a agir em lugar de dizer paroladas sem nexo!
No entanto há quem o faça... quem dê a vida pelos outros, pelos bens dos outros... e nunca ganharão num ano o que esses senhores ganham num trimestre...nunca serão noticia na televisão... nunca vão aparecer nas revistas cor de rosa...nunca vão ter direito a ser tratados como heróis...nem vão ter direito a medalhas... ainda assim fazem-no, muitos de livre vontade... e isso só por si faz deles heróis que apenas o povo reconhece!
Aos que sofrem com esta calamidade: uma palavra de conforto e alento.
Aos que combatem este inimigo difícil e traiçoeiro: Muito Obrigada!
Aos que andam por aí a dizer que está tudo muito bem e melhor que nos anos anteriores: tenham vergonha e se não sabem o que dizem, pelo menos façam o favor de ficar calados!

quinta-feira, agosto 04, 2016

No dia em que decidiu, finalmente, viver...trocou todos os seus "não consigo" por uma mão cheia de coragem e alguns "vamos tentar de novo"...

Mini Conto...



Sem saber para onde os passos a levavam, arrumou o ontem dentro de uma mala e partiu sem saber o que o amanhã lhe traria... mas decidida a viver tudo o que o hoje tivesse para lhe oferecer...