Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2017

Divagação

Imagem
Sentei-me ali numa sombra fresca à beira do rio
e dei por mim com o pensamento a divagar,
sem saber de quê, ao certo, sei que penso e sorrio
quando a mente questiona o seu próprio pensar...
Pergunto-me porque buscam as pessoas a perfeição,
porque olham para o corpo que nos serve de embrulho,
sem lhes interessar o que vai na alma, no coração,
apenas aquilo que lhes enche as medidas do orgulho...
Pergunto-me porque buscam as pessoas apenas o ser,
porque ignoram o que importa, aquilo que não se vê,
sem questionarem o que podem estar a perder
correm atrás de uma ilusão sem saber sequer porquê...
Pergunto-me se na verdade anda meio mundo errado
buscando apenas e só  o conforto que a vista alcança...

Palavras para quê...

Imagem
Pelos vistos não basta arder uma área absurda de floresta...não basta arderem casas... não basta perderem-se bens... não basta arder 80% de uma Mata Nacional criada há mais de 700 anos... não basta morrerem mais de 100 pessoas...pelos vistos nada disto basta para que finalmente se assuma a existência de uma máfia terrorista que gere um negócio de milhões: o sujo e mortal negócio do fogo! Pelos vistos não basta tudo isto para alguns elementos da espécie humana, da qual nestas alturas sinto alguma vergonha de pertencer, tenham noção de que o dinheiro que ganham com o atear de um incêndio é sujo, mesquinho...manchado de sangue! Pelos vistos não basta isto tudo para a sociedade se unir num basta gigantesco! Pelos vistos não basta isto tudo para secar as lágrimas de crocodilo dos que atiram em todas em direcções sem se preocupar em punir culpados e tomar medidas! Pelos vistos não basta tudo isto para perceber que é preciso fazer alguma coisas, que é preciso tomar medidas, que é preciso aga…

Estranhezas

Existem regras, que apesar de na verdade não existirem, são tacitamente aceites e "definem" os padrões do socialmente aceite e supostamente correcto.
Olha-se com estranheza aqueles que contrariam essas regras, os que as subvertem, os que as ignoram, os que ousam viver e que não se limitam a existir e a agir de acordo com o que os outros pensam.
Olha-se com estranheza os que ousam viver...os que ousam fazer alguma coisa, os que não se limitam a ficar sentados a ver a vida passar.
Olha-se com estranheza os que ousam corrigir o rumo das coisas, os que ousam viver a vida e ser felizes em vez de seguirem o que os outros pensam e convencionam como correcto.
Olha-se com estranheza os que são apelidados de "estranhos" porque estes saem dos padrões definidos, porque sonham sonhos que são seus e anseiam alcançar metas que são só suas.
Olha-se com estranheza os que ousam sair da sua zona de conforto, os que ousam querer mais, os que ousam fazer mais e fazer diferente, os que ousam…