segunda-feira, janeiro 29, 2018

Motivações improváveis, ou talvez não...

Existem pequenas coisas que acontecem, aparentemente sem razão, mas que de alguma forma nos inspiram e nos motivam. Pequenas coisas que nos fazem olhar em volta com outro olhar e a descobrir novas perspectivas e novas tonalidades.

Existem pequenas coisas que nos fazem perceber que o caminho não é linear, mas sim cheio de ramificações, de atalhos, de possibilidades e alternativas. Pequenas coisas que nos fazem ver outras tonalidades para além da paleta de cores a que nos acostumámos.

Existem pequenas coisas, pequenos gestos, pequenos trejeitos, pequenas palavras... pequenas coisinhas aparentemente sem importância que por vezes são o bastante para nos fazer olhar o mundo, as pessoas e a vida de outra forma. Pequenas coisas que nos mostram o que se esconde por trás daquilo que a vista alcança.

Existem pequenas coisas que nos fazem repensar e rever a nossa vida... que nos fazem questionar as nossas posições e as nossas certezas... que nos fazem questionar a existência de valores e de verdades.

Existem pequenas coisas que nos estimulam, que nos motivam, que nos fazem querer ir mais além, que nos fazem querer fazer mais e melhor, que nos fazem crescer, evoluir e andar para a frente. 

Uma simpática senhora acima dos 60 anos, que passa por ti alegremente a correr no meio da serra e que se aventura a fazer 15 kms de trilhos e ainda por cima num belo tempo... bom essa é uma das pequenas coisas que nos fazem equacionar as nossas limitações, a nossa vontade, a nossa força... Quando alguém que passou por um longo processo de doença consegue superar todos os obstáculos e fazer coisas que tu (felizmente saudável e apto) achas que nunca vais conseguir fazer... bom essa é outra pequena coisa que nos faz questionar a nossa visão da vida e de nós mesmos, faz-nos olhar com outros olhos a nossa própria existência...
Quando alguém, que tem tudo menos motivos, sem mais nem para quê te trata como se fosses a pedra mais rasca da calçada...bom essa é outra pequena coisa que te faz olhar os outros com olhos mais atentos e perceber que de facto o livro não se pode julgar pela capa...
Quando alguém te desmerece porque te acha gordo ou magro, alto ou baixo, bonito ou feio... bom essa é outra pequena coisa que te faz repensar a forma como nos situamos na sociedade, a forma como delineamos prioridades, a forma fútil como por vezes olhamos as coisas sem lhes dar uma oportunidade...
Quando alguém decide silenciar-se e esperar que tu, sejas no mínimo subserviente, e consecutivamente dês o primeiro passo como se fosse essa a tua obrigação e porque tu é que o deves fazer, não por uma razão lógica mas porque as pessoas gostam de ser bajuladas e adoradas... bom essa é outra pequena coisa que nos leva a questionar o tipo de pessoas que queremos na nossa vida, o tipo de relações que queremos manter e aquelas que mais vale cortar pela raiz...

Pequenas coisas que por vezes são grandes motivações... pequenas coisas que aparentemente são motivações improváveis, mas que quando analisas a fundo percebes que são muito válidas, muito justas e muito pertinentes. E se querem que vos diga são essas pequenas motivações que nos fazem mudar, que nos fazem analisar, que nos fazem crescer, que nos fazem aprender e sobretudo que nos fazem ser uma versão melhor de nós mesmos!

sexta-feira, janeiro 19, 2018

Persiste...


Não te deixes abater pelas adversidades, pelas tempestades e pelos obstáculos de cada dia. Não te deixes abater pelas falhas, pelos erros, pelos mal-entendidos. Chora se tiver de ser, grita se tiveres vontade, vira a mesa se for essa a solução mas não desistas…continua a acreditar e a tentar.

Não deixes que os pensamentos negativos e as más energias te desestabilizem, não deixes que a desmotivação e a frustração alheia te arraste para uma espiral de negatividade e confusão, não combatas guerras que não são tuas. Se estiveres cansado… pára… respira… pensa… concentra-te… e volta a insistir, não desistas… nunca desistas, porque só quem persiste alcança alguma espécie de triunfo.

Aprende a viver! A vida pode ser uma festa ou um drama… depende de ti. A vida está cheia de coisas maravilhosas para experimentar, de pessoas fantásticas que superaram obstáculos imensos e continuaram em frente, de pessoas que te podem inspirar a ser cada vez mais e melhor. Cerca-te de pessoas cuja energia te faz bem…cuja força te alimenta como a luz do sol… não te deixes ficar tempo demais junto de energias negativas ou acabas por ser corrompido por elas.

Ninguém nasce ensinado, ninguém aprende nada do pé para a mão… ninguém te pode exigir que sejas mais do que aquilo que podes ser e ninguém te pode impedir de ser quem tu mereces ser. Leva o teu tempo…caminha ao teu ritmo, avança ao teu passo, percorre os teus trilhos… mas nunca te esqueças de persistir e de te apaixonar pela vida a cada passo!

sexta-feira, janeiro 05, 2018

O possível impossível

Não existem impossíveis dizem uns... isso tudo é impossível dizem outros... deixando-nos na dúvida do que é ou não impossível.
Na verdade existem impossíveis...e muitos... é verdade...sabem porquê? É simples na verdade: impossível é tudo aquilo que não tentamos! Impossível é tudo aquilo que não experimentamos! Impossível é tudo aquilo que não vivemos!
Tudo o que não fazemos é impossível para nós, obviamente. Mas se tentarmos...se experimentarmos...se vivermos... chegamos à conclusão de que há muito mais possíveis do que impossíveis.
O impossível é a diferença entre tentar e não tentar...entre fazer e não fazer... entre arriscar e não arriscar...entre fazer e não fazer... entre acreditar e não acreditar.
O impossível é apenas o possível ainda não tentado :)

Inspirações + Motivações = Novidades!

Não é desconhecido o meu gosto pela escrita...aliás talvez até seja para alguns... Deste percurso fazem parte muitos caminhos, muitos capít...