Espírito de corpo

Por força das circunstâncias aprendi há já muitos anos um conceito que tento manter, embora seja a cada dia que passa mais difícil: Espírito de corpo.
Ora aqui está uma expressão infelizmente desconhecida da maioria das pessoas. Um conceito que bem aplicado tornaria tão mais fácil a coexistência das pessoas nas organizações.

Basicamente e de forma amplamente resumida, o espírito de corpo consiste na noção de que determinado grupo de trabalho ou organização deve funcionar como um corpo humano. E isto significa muito mais do que trabalhar em equipa, significa que todos são importantes nas suas funções, significa que à semelhança do corpo humano todos os membros são úteis e necessários por isso devem ser tratados como tal.

Um corpo é muito mais que a simples soma de muitos membros... assim as organizações não são apenas a soma das pessoas que as compõem mas sim pessoas que efectivamente fazem parte delas.
Todos devem sentir que o que fazem é importante...que a colaboração é fundamental... que ninguém consegue nada sozinho.

Espírito de corpo é a capacidade de em conjunto remar no mesmo sentido, tentar alcançar objectivos como um todo... espírito de corpo é o todo em função do todo, não é o todo em função de parte e menos ainda parte em função do todo.

Espírito de corpo é infelizmente um conceito cada vez mais difícil de alcançar, cada vez mais as pessoas se atropelam, passam por cima, não olham a meios para alcançar fins, preocupam-se com o individual e não querem saber do colectivo, cada vez mais é o espírito de cada um por si, de eu faço a minha parte e tu fazes a tua.

Seria tão mais fácil se as pessoas não se sentissem ofendidas quando são ajudadas... se olhassem para o todo e não apenas para as individualidades... se não encarassem a ajuda como uma forma de as fazer sentir diminuídas... se praticassem o blá-blá-blá que pregam...

Pena que as pessoas se esqueçam que se um membro adoece o corpo todo padece...

Comentários

Mensagens populares