:Licença Creative Commons

quarta-feira, março 21, 2007

Hoje olho-te...

Hoje olho-te com a indiferença de um passado distante,
Já não sinto aquele aperto imenso dentro do peito,
Já não sinto o coração a bater descompassadamente,
Já não baixo o olhar, limito-me a seguir adiante,
Já não sinto mágoa, nem dor nem sequer despeito,
Já não sinto tristeza nem choro como antigamente.

Hoje olho-te à distância de um amor imenso
Que foi sem nunca ter sido mais que uma ilusão.

Hoje olho-te à distância e com um sorriso penso
Que és de todas a minha mais doce recordação.

Hoje olho-te à distância e não consigo evitar a saudade
Que a tua simples presença trás à minha memória.

Hoje olho-te à distância e sinto em mim essa verdade
Que me diz que és sem ter sido a minha melhor história!

domingo, março 11, 2007

Ser Mulher


Mãe sempre presente e carinhosa,
Útil nas piores e melhores ocasiões,
Lutadora pela justo e pelo correcto,
Honesta sem sombra de traição,
Esposa, amante, amiga e companheira,
Responsável por si e pelos que ama.


Mão amiga que ampara a queda perigosa,
Uma luz que ilumina todos os corações,
Linda no seu discurso simples e directo,
Humilde e orgulhosa da sua condição,
Esperta e muitas vezes até pioneira,
Resplandecente como o brilho da chama.


Mulher… és tudo isto e muito mais,
Mulher… és única entre os demais,
Mulher…és tu, tu, tu e sou eu também,
Mulher… és o melhor que o Mundo Têm!



Participação no Concurso Relâmpago Dia da Mulher no site Poemas de Amor em 2007 - 5ª Lugar na categoria Mensagens.

quinta-feira, março 08, 2007

MULHER!!!!!!!!!!


Posso não ser elegante ou ter a perna torneada,
posso não ter o cabelo bem tratado e penteado,
posso não andar direita nem sequer bem arranjada,
posso não ter cartões de crédito em cor dourado
posso não ter berço nem uma grande educação,
posso não saber ler uma letra nem escrever,
posso ser doméstica e viver agarrada a um fogão,
posso viver daquilo que vai aparecendo para fazer,
posso ser simples, sem cultura e até sem graça,
posso não ser top model vistosa e atraente,
posso não ter tempo para viver a vida que passa,
posso até ser velhinha ou quem sabe muito doente,
posso ser triste e passar o tempo todo a chorar,
posso rir sem motivo se assim me apetecer,
posso fingir que não dói se me estão a enganar,
posso fingir que não é nada e até posso esquecer...
Eu sou o que sou e isso nada pode mudar,
sou aquilo que a vida deixar e que eu bem quiser
porque mais que aquilo que se vê com o olhar
tenho orgulho em ser uma grande MULHER!!!!!!!!