:Licença Creative Commons

quarta-feira, junho 03, 2015

2º Lugar... nada mal, hem! no Desafio de Poesia: Meditações sobre a Palavra"



Palavras, palavrinhas e palavrões

Palavras, palavrinhas e palavrões,
Há de tudo e para todas as ocasiões…
Há as que consolam e confortam o triste ser,
Há as que alegram e animam até mais não poder,
Há as que fazem o coração ficar desassossegado,
Há as que fazem o mundo parecer todo dourado,
Há as que são perfumadas como belas flores,
Há as que dão origem a grandes e loucos amores…
Palavras, palavrinhas e palavrões,
Há de tudo para todas as ocasiões…
Há as que ferem e magoam bem fundo o coração,
Há as que despropositadas matam logo a situação,
Há as que ofendem e fazem a lágrima correr,
Há as que diminuem e nos fazem querer desaparecer,
Há as que maltratam cheias de mágoa e rancor,
Há as que matam qualquer leve réstia de amor….
Palavras, palavrinhas e palavrões,
Há de tudo para todas as ocasiões…
Há as que dizem mais que mil gestos de bem-querer,
Há as que magoam mesmo sem o quererem fazer,
Há as que enchem a vida de sol, de luz e de cor,
Há as que pintam o sonho de raiva e de rancor,
Há as que prendem como poderosa amarra,
Há as que usamos para meditações sobre a palavra...

Sem comentários:

Enviar um comentário